quinta-feira, 18 de junho de 2009


O SERMÃO MAIS CURTO
A história do dia

Durante uma missão, alguns amigos, em conversa descontraída, desafiaram dois missionários para ver quem faria o sermão mais curto para as crianças da “missãozinha”. Qual o tema? Podia ser a oração.
Foi aceito o desafio. Ambos se prepararam cuidadosamente, procurando sintetizar o mais possível o tema escolhido. Os adultos ficaram sabendo da aposta e foram também para a igreja. Expectativa geral. O primeiro missionário começou:
— Crianças! Quem reza, vai para o céu. Quem não reza, vai para o inferno. Amém.
Já ganhou, pensaram todos. Mas vamos ouvir o segundo missionário. Ele se apresentou. Alguns cochichos. Depois o silêncio sepulcral. Limpou a garganta e começou:
— Meus irmãos! Quem reza (e fez o gesto e o sibilar do rojão que sobe para o céu). Quem não reza (e completou o pensamento fazendo o gesto da pedra que cai no fundo do poço: tchibum!). Amém.
Palmas estrondosas. O segundo missionário ganhou a aposta. Quem saiu ganhando mesmo, foi o povo que ouviu o sermão mais curto da história, sem se cansar e sem o esquecer para o resto da vida.
http://www.boletimpadrepelagio.org/