sábado, 24 de outubro de 2009



COMO VAI A CAUSA DO PADRE PELÁGIO


É a pergunta que todos fazem. A resposta é otimista. O Arcebispo Metropolitano de Goiânia, Dom Washington Cruz CP, e o Padre Rafael Vieira, Diretor da Rádio Difusora, tendo estado recentemente em Roma (agosto de 2006), conversaram com nosso Postulador Geral Padre Antônio Marrazzo. O resumo da entrevista foi este:
- Todos os depoimentos já estão na Congregação para as Causas dos Santos a fim de serem analisados pelos peritos. A norma é passar de um departamento para outro, cumprindo assim o seu curso normal. Podemos acompanhar a tramitação do processo, mas não devemos intrometer-nos no seu andamento.
Podemos afirmar com bastante segurança que o Servo de Deus Padre Pelágio será beatificado. Pode demorar um pouco, e pode não demorar. Vai depender também das orações do povo e do nosso empenho.

O histórico da Causa

Dando um olhar retrospectivo, dia 23 de novembro de 1997 foi aberta solenemente a Causa da canonização do Pe. Pelágio Sauter (1878-1961).
Estimado por todos como santo, basta dizer que no seu sepultamento em Goiânia, afluíram mais de quarenta mil pessoas.
Nesses quase nove anos a Causa caminhou mais depressa do que se esperava. Todas as Causas têm que percorrer três etapas principais:
- Processo diocesano que consiste na coleta de depoimentos sobre as virtudes, a vida e a fama de santidade do candidato à beatificação.
- Processo do milagre, que consiste na coleta de depoimentos de médicos e testemunhas que acompanharam a doença do paciente, tendo em vista a beatificação.
- Processo de mais um milagre para a canonização.

No caso do Padre Pelágio

Já foram vencidas as duas primeiras etapas. O tribunal eclesiástico de Goiânia, instaurado para isso, estudou os dois processos e mandou para Roma os resultados. Já estão nas mãos da Sagrada Congregação das Causas dos Santos, uma das últimas instâncias.
O primeiro, das virtudes, está praticamente pronto, faltando apenas o decreto do Santo Padre pelo qual o Servo de Deus é declarado Venerável.
O segundo, do milagre, enviado este ano, está sendo examinado pelos médicos e teólogos. Depois irá para a Congregação dos Cardeais e finalmente para o Santo Padre que, somente ele, pode emanar o decreto de bem-aventurado ou beato.
Foto recente: Dom Washington, em Trindade GO, abençoa a multidão dos romeiros com a imagem do Divino Pai Eterno. Trindade foi a cidade onde Padre Pelágio trabalhou e viveu durante trinta anos.

Padre Clóvis J. Bovo CSsR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por nos visitar!