sábado, 28 de novembro de 2009

1º Domingo do Advento: Exortação à vigilância

“Vigiai e rezai em todo o momento para serdes julgados dignos de escapar a todos esses acontecimentos futuros e de vos manterdes de pé diante do Filho do Homem”(Lc 21, 36).
Ao iniciarmos o Tempo Litúrgico do Advento, percebemos que a Liturgia move-nos para a vigilância e a oração, como verdadeira forma de estar preparado para a vinda de Jesus. Mas afinal que vinda é essa e que acontecimentos são esses em que as sagradas escrituras nos fazem voltar a nossa atenção?
Primeiramente, não devemos ter um olhar sensacionalista, de que o fim do mundo está chegando, que irá acontecer uma catástrofe e irá destruir tudo, e que por conta disso devemos adotar uma postura de medo e de relativização e desprezo com relação a nossa vida aqui na terra. E também devemos combater a postura de incredulidade e frieza de coração com relação ao chamado de vigilância que somos chamados a viver, por conta da proximidade da vinda do Senhor. Não! Devemos ser sinais verdadeiros de um testemunho de esperança diante do final dos tempos. Mas como?

Devemos inicialmente compreender que existirá uma segunda vinda do Nosso Senhor aqui na terra. Sim, isso é verdade, e Jesus anunciou isto que ira acontecer no final dos tempos, e para tanto, haverá sinais que antecederão a vinda de Jesus: “Haverá sinais no sol, na lua e na estrelas, e sobre a terra as nações estarão na angústia, aterrorizadas pelo bramido do mar e pela sua agitação, enquanto que os homens desmaiarão de pavor com medo das desgraças que sobrevirão ao mundo” (Lc 21, 25-26). Esses sinais acontecerão, no tempo certo de Deus.

Por isso, a Liturgia faz aprofundar essa verdade, de que Jesus irá voltar, e a isso chamamos de parusia! Sim, a vinda gloriosa de Jesus, que virá com os seus anjos julgar toda a terra chamamos de Parusia. Aprofundando essa verdade, devemos em oração e em espírito de conversão e vigilância clamar a vinda gloriosa de Jesus por conta da nossa vida em espírito de santidade. Sim, a nossa oração, unindo-se com toda a Igreja, junto com o nosso testemunho de esperança, apressam a vinda de Jesus. Por isso não desperdicemos esse belíssimo tempo litúrgico, e que no tempo do Advento possamos com nossas vidas cantar a uma só voz: “Maranatha, vem senhor Jesus!” 

Por: Marcio André Teixeira Barradas, Seminarista Shalom - Assessoria Litúrgico Sacramental
Comunidade Católica Shalom

Um comentário:

  1. Olá,

    Estou passando para visitar seu blog (que por sinal é muito bom) e dizer que vc está concorrendo ao Selo Dominus Vobiscum. Quero também agradecer e incentivar o projeto deste Blog: Continue firme e vamos evangelizar!

    Pax Domini

    ResponderExcluir

Obrigado por nos visitar!