sábado, 5 de dezembro de 2009

É PRECISO RENASCER DA ÁGUA E DO ESPÍRITO

O título do artigo parafraseia àquelas palavras ditas por Jesus a Nicodemos, encontradas no Evangelho de São João 3,5 que diz: “Quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus”. A expressão água e Espírito no versículo citado fazem ............
Renascer, como diz o Mestre, não é tornar a entrar no seio de nossa mãe e nascer pela segunda vez, mas, é aceitar que o Espírito Santo, força misteriosa e invisível como o vento, atue maravilhosamente na aparência visível do nosso batismo. É também, permitir, que a água purificadora que recebemos no batismo nos tornem outros Cristos. Enfim, é deixar que as palavras de Jesus, ditas a Nicodemos (Jo 3,10-18), nos façam refletir acerca de nossa fé, do nosso modo de crer em Deus, de nossas práticas comunitárias, e de todas as realidades que nos cercam. Pois, como afirmou o evangelista João: a verdade é para ser praticada e não somente para ser conhecida (Jo 3,21).
Portanto, neste Natal, Cristo espera que cada um de nós, ao celebrá-lo, esteja revestido verdadeiramente das “Coisas do Alto” (Col 3,1). Pois, para celebrar o Natal, é preciso renascer da água e do Espírito, verdadeiramente. Deixar também que a Luz do Mundo, Cristo Jesus (Jo 9,5), ilumine as trevas que ainda existem em nossos corações, pois, o Natal, assim como o nascimento é “uma passagem da radical incapacidade do homem de amar – de amar daquele jeito – para uma nova possibilidade de amar”. Pois, não existe maior amor do que àquele que deu sua própria vida pelos irmãos (Jo 15, 13), Jesus Cristo.
 
Por: Wander V. C. de Freitas
alusão ao Batismo. Batismo é o nascimento. Como a criança que nasce depende dos pais para viver, também nós dependemos da vida que Deus nos oferece para renascermos em Cristo Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por nos visitar!