sábado, 13 de março de 2010

Hermenêutica Bíblica

Quero propor hoje ao leitor, uma reflexão a partir do seguinte versículo: “Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom” (Gn 1,31). Ao mesmo tempo, quero também convidá-lo a olhar as coisas criadas por Deus de forma positiva e não mais negativa. Diante de um mundo que parece não haver mais “remédio”, pois, o ódio parece prevalecer sobre o amor, à discórdia mais que a concórdia e por fim a violência ilustra “mais ainda” que a paz. Qual o consolo que nós temos perante tudo isso? A resposta é a seguinte: Deus não cria pela metade, pelo contrário, cria por completo a terra, o céu, as plantas, os animais, o dia, à noite, o homem e depois vê que tudo que foi criado é muito bom. Ou seja, Deus não cria as coisas de qualquer jeito! Faz tudo belo, organizado, pleno, não existi defeito algum nas coisas por Ele criadas, pois ao acabar a criação, Deus contemplou toda sua obra.

Por: Wander Venerio C. de Freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por nos visitar!