domingo, 19 de agosto de 2012

O VELÓRIO

Era uma senhora rica. De família rica que chegou do oriente a nove anos. No seu velório, entre toda aquela gente bem vestida, apareceu um homem pobre; mal vestido, despertou a atenção e o silencio de todos os presentes. O homem, depois de benzer, depositou uma flor no caixão aproveitou o silencio e disse aos presentes: - Talvez este não seja o meu lugar, nem a hora certa, e eu sei que não estou vestido de acordo com a ocasião, mas quero que saibam que as esmolas dela impediram eu, minha mulher e meus dois filhos de morrer de fome. Vocês não sabem, mas ela veio nos visitar muitas vezes, conversava conosco, trazia .......
os remédios que minha mulher precisava e tomava do nosso café. Eu trouxe esta flor para uma mulher rica, que além de nos dar ajuda, sentava-se na nossa cadeira e conversava com a gente sem nos olhar de cima. Hoje meu filho está trabalhando num hotel e eu já me visto bem melhor do que antes. Quero que saibam que hoje eu não tenho vergonha de entrar num lugar rico como este, porque ela não teve medo nem vergonha de entrar na casa de gente pobre como nós. Houve lágrima e respeito. Os filhos dela o abraçaram. O padre, no sermão pediu licença para lembrar o que todos tinham ouvido. Àquela altura, o pobre já tinha ido embora. Dizem que depois daquele enterro, muitos ricos foram vistos conversando com os seus empregados… E rindo. Quem me contou não sabe dizer se o fato realmente aconteceu, mas seria maravilhoso se acontecesse e algum diretor de Big Brother estivesse, por perto.Teríamos um capítulo com algum conteúdo humanitário.

Por: Pe. Zezinho scj
Fonte:http://www.padrezezinhoscj.com

4 comentários:

  1. Olá,
    Digno de ser postado... gestos assim enobrecem a nossa condição de seres humanos...
    Deus te cubra de bênçãos e te faça muito feliz!!!
    Abraços fraternos e festivos de paz

    ResponderExcluir
  2. Uma linda e humana história a nos mostrar a humildade e a doação! Passei aqui para parabenizá-lo pela frase na festa da Rosélia. Sua frase é de gabarito! Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Vim conhecer seu espaço através da série Comemorativa da Rosélia!
    Parabéns!
    Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  4. Um lindo exemplo que deve ser seguido. Fazer o bem, e aceitar a ser humano independente de sua condição rico ou pobre, faz toda a diferença! Parabéns pela participação e selinho na série comemorativa do blog da Rosélia, bjs. Ieda.

    ResponderExcluir

Obrigado por nos visitar!