domingo, 21 de junho de 2009


Volta ao bom combate

(NÃO PODEMOS FUGIR DO COMBATE!)

Domingo é um dia diferente, é o dia do Senhor, e ao sair da minha casa me encontrei com o Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova, que me deu um abraço e me disse: “meu filho, arrebenta”. E quando cheguei aqui no Rincão do meu Senhor, encontrei com minha mãe, foram surpresas muito significativas, então não tem como não começar bem esta pregação.
Estamos constantemente no combate, nós estamos constantemente em um campo de combate, mesmo ferido, estamos na guerra, as vezes lutamos com uma arma de longo alcance contra o inimigo, mas muitas vezes bem de perto com uma espada pequena.
Quem comanda este combate é Deus, é Ele que dá um toque para avançar, ou para recuar, muitas vezes nós temos mesmo que fugir pra não morrer, tudo em um combate é estrategia. Por isso não podemos estar dormindo, estar entregues as paixões, as seduções, você não pode estar sonolento, todos os dias temos uma batalha. Combater o bom combate é ocupar-nos da batalha de cada dia, sem ficarmos presos ao que passou, sem nos 'pré-ocuparmos' com o que ainda não aconteceu, temos que nos preocupar com a batalha de hoje, e a Palavra de Deus nos garante isto (Ef 5,15-20).
Irmãos a primeira coisa que um combatente deve estar é vigilante, precisamos estar vigilantes com a nossa conduta, não podemos estar sonolentos, em todas as áreas da nossa vida, não só na área espiritual, não podemos ter uma conduta de insensatos. Uma pessoa ociosa, não se preocupa com os problemas do tempo presente, ocupar ociosamente o tempo é nos ocupar com os problemas próprios de cada dia.
Deus tem um desígnio, um projeto, um plano pra você, e a vontade de Deus é a vossa santificação, é para santificar-se, é estar neste caminho constante. Temos que estar atentos a nossa conduta, e a conduta dos nossos filhos. Se preocupe com o dia de hoje, pois a vontade de Deus e a vossa santificação, a tua conduta não pode ser de insensatos, pois a vossa santificação é um desígnio de Deus.
Quem se expõe se compromete, e quem se compromete amadurece. A vontade de Deus é primeiro procurá-lo, experimentá-lo, seu dever é levar tudo o que você experimentou para sua casa, e sua casa aguarda ansiosa a sua volta, você tem uma missão lá na sua casa.
O problema nunca muda de tamanho, somos nos que mudamos de tamanho, buscando a nossa santificação, você tem uma missão ao voltar para sua casa, você precisa distribuir o que você recebeu aqui na Canção Nova, volta para o bom combate, mas não volta desarmado, volta agora revestido do capacete, de armadura, revista-se do Espírito Santo, tua casa, teu trabalho, tua família é o bom combate.
Você está dentro de uma estratégia de Deus, Deus te tirou este fim de semana do seu campo de batalha, Deus te trouxe para a 'enfermaria', a Canção nova é esta 'enfermaria', a Cura é a Eucaristia, os sacramentos são os remédios dos cristãos católicos, você esta sendo bem tratado estes dias, não para ficar numa boa, mas para voltar para o bom combate, para o seu campo de batalha.
Mas fique atento, nos não devemos nos embriagar com as paixões do mundo, não nos embriagar com o ódio, com a raiva, com as contendas, com as rixas, com a luxúria, com os projetos pessoais. Deus está pedindo para você agora a sobriedade, para vivermos os desígnios de Deus, o projeto de Deus.
Quer acabar com inimigo, aniquilá-lo? Transforme-o em um amigo, mas pra isso é preciso lutar, trabalhar. amar o inimigo, mas só chegamos neste grau fazendo o gostaríamos que fizessem a nós, esta é a arma, não devemos nos embriagar como os nos inimigos, que estão embriagados com ódio, estão embriagados com o pecado, se antecipe, ame.
Nós somos uma minoria, e sempre seremos, mas nós somos como sal, que um pouco na comida dá sabor, colocamos um pouco fermento no trigo para que ele faça crescer. O sal dá sabor, o fermento faz crescer, e a luz ilumina.
Você vai voltar amanhã para seu campo de batalha, e você deve ser uma referência, você vai ser zombado, depois você vai ser respeitado, depois considerado e admirado e por fim você vai ser uma referência. Por que tem muitos filhos perdidos? Porque o pai ou a mãe não foi referência. Em um lugar onde temos uma referencia, não tem ninguém perdido, você voltará para o bom combate, e vai ser referência para onde voltar.
Preciso estar atento, vigilante, pois vou ser tentado pela minha própria concupiscência, por isso é preciso vigiar, e em muitos momentos recuar, na hora certa o próprio Deus vai dar a ordem de recuar.
Irmão, vai caminhar, tem um longo caminho para trilhar, Deus quer nos curar, hoje Deus quer nos curar para voltarmos ao campo de batalha. Meus irmãos, nem tudo será curado hoje, mas a ordem é está: Vai caminhar! Pois na estrada Deus vai curar todas as suas feridas, Deus vai te curar no campo de batalha.

Palestra Dunga
Transcrição e Adaptação: Carlos Eduardo