sábado, 24 de outubro de 2009




Missão do Padre


Em Marcos 6, 7-13, encontramos o Senhor enviando os doze discípulos dois a dois, dando-lhes a autoridade que só Ele tem, afirmando que deviam ir ao mundo para proclamar o arrependimento, expulsando os demônios, ungindo os doentes com óleo, curando a todos. Com muita perfeição, que foi o resultado de grandes esforços, os discípulos cumpriram essas instruções missionárias dadas pelo próprio Senhor Jesus. Não somente enquanto Ele vivia com os apóstolos, mas também e mais ainda após a sua gloriosíssima morte. Em Atos dos Apóstolos vemos com clareza a continuidade dessa ordem do Senhor enquanto missão dos apóstolos, que se tornou também a missão dos padres.
Clareando ainda mais sobre a missão dos padres, especialmente neste mês de outubro, vemos em Atos dos Apóstolos as duas coisas importantes na vida do padre: oração e serviço da Palavra. “Irmãos, escolhei entre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais encarregaremos este ofício” (At 6, 3)
Oração porque quando o padre reza não somente que ele, como o representante do próprio Jesus Cristo, eleva as almas pecadoras e cansadas para o caminho da salvação, mas também ele deixa Cristo entrar em sua vida para conseguir muitas coisas misteriosas quanto à salvação das almas. Além disso, sem oração a missão do padre seria demasiadamente limitada, sem unção e “sofrida”.
Quando falo aqui sobre “sofrida” é no sentido de que o padre que reza não sente o peso do desgaste que vem pela vida pastoral, nem volta atrás (apesar de suas fraquezas), buscando de volta as coisas que o próprio Senhor mandou que renunciasse, a fim de que sua missão fosse bem cumprida e sua única recompensa fosse o próprio Cristo Senhor (cf. Mc 6, 8-9).
Quanto à segunda parte da missão do padre que é o serviço da Palavra de Deus, devemos ter em conta que o padre é em excelência o homem da pregação, o homem da Palavra. Sua matéria-prima é a Palavra de Deus e sua própria palavra, que ele usa para administração dos sete sacramentos da Igreja.
O padre é homem da Santíssima Eucaristia celebrada na Santa Missa, o escutador e absolvidor dos pecados na vida de seus fiéis. Através do poder sacerdotal de Cristo n’Ele o padre reconcilia os mortais com o seu grande Deus. É ele que batiza e crisma fazendo-nos assim membros da Igreja e filhos de Deus. É ele que nos encomenda à pátria celeste na hora da morte mediante o Santo Sacramento da Unção dos enfermos. Oh! Como nós precisamos de padres, padres santos, zelosos nas missões e insistentes nas santas orações.


Por: Padre Cletus (Anacleto) Onyemauche Chukwujioke
Capelão (diretor espiritual) da Comunidade Luz da Vida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por nos visitar!