quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

João Paulo II poderá ser canonizado nos próximos meses

João Paulo II, o “Papa dos recordes” – cuja beatificação completa um ano – poderá somar outro nos próximos meses, se finalmente a Congregação para as Causas dos Santos aprovar um dos cinco possíveis milagres que estão sendo estudados, na última fase. Assim, ele se tornará o primeiro pontífice a ser canonizado a menos de dois anos após sua beatificação. O peticionário da causa, dom Oder, trabalha com cinco possíveis curas  .........
inexplicáveis, que em breve passarão pela revisão na comissão médico-doutrinal, responsável pela causa de Karol Wojtyla. Uma causa que, como ele mesmo explicou, “tem um caráter prioritário”, que sendo confirmada, poderá acelerar os passos para a canonização do antecessor de Bento XVI. Enquanto isso, à noite, milhares de jovens lembraram, na esplanada de Tor Vergata, a beatificação do pontífice polaco. Como informou a Rádio Vaticano, hoje (01/05) se completa um ano da beatificação de João Paulo II, dia histórico em que Roma foi tomada, no ano passado, por peregrinos (foto) que vieram de todas as partes do mundo, para este evento único. Porém, este ano também é uma festa porque o “Papa amado” continua vivendo no coração de todos aqueles que não se cansaram de gritar “João Paulo II, o mundo todo te ama” e “Santo súbito”. Porém, por que é uma festa? Porque sua mensagem evangélica continua sendo atual num mundo sedento de Deus, e um mundo que quer mudar o ritmo de sua história, em que a vida seja mais forte do que a morte. Com efeito, Deus veio ao mundo para que o mundo viva e viva em abundância. Esta mensagem se tornou realidade com João Paulo II, com suas palavras e vida nos ensinou fortemente o caminho a seguir. Um Papa “beato”, particularmente apaixonado pelos jovens que, hoje seguem recordando-se dele, com carinho e esperança. Com efeito, são eles os protagonistas que hoje acompanham este aniversário, com oração e compromisso, como fizeram os universitários na vigília de oração em Tor Vergata, em Roma, e os peregrinos que hoje visitam seu túmulo. Nós, juntos a eles e àqueles em diferentes partes do mundo, recordamos dele, gostaríamos de trazer à memória suas palavras, seu carinho e sua mensagem.

A reportagem é de Jesús Bastante, publicada no sítio Religión Digital, 01-05-2012. A tradução é do Cepat.

Fonte: http://www.ihu.unisinos.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por nos visitar!