domingo, 12 de agosto de 2018

Oração à Virgem Maria para lutar contra o Aborto

Conheça esta oração à Virgem Maria para lutar contra o aborto, composta pelo sacerdote e líder pró-vida Frank Pavone:

Ó Maria, Mãe de Jesus e Mãe de todos nós, Hoje nos dirigimos a ti como àquela que disse Sim à Vida.

“Tu conceberás e darás à luz um filho”, disse-te o Anjo. Apesar da surpresa e da incerteza sobre como poderia ser isso, tu disseste SIM: “Faça-se em mim segundo a tu palavra”.

Ó Maria, oramos hoje por todas as mães que têm medo de ser mães. Oramos pelas mães e pais que se sentem ameaçados e pressionados em sua gravidez.

Intercede por eles, para que Deus lhes dê a graça de dizerem SIM e a coragem para perseverar!

Que tenham a graça de rejeitar a falsa solução do aborto.

Que possam dizer contigo: “Faça-se em mim segundo a tu palavra”.

Que experimentem a ajuda do povo cristão e conheçam a paz de se fazer a vontade de Deus.
Amém.

Ela foi estuprada, engravidou e tem uma incrível lição para nós

Foi um dos períodos mais sombrios da minha vida – as relações com meus pais estavam atribuladas, tinha acabado de passar por uma péssima separação com o pai de meus dois filhos, fora traída por meus amigos e acabei nas ruas, na lista de espera para ser acolhida em um abrigo para moradores de rua. Eu não tinha mais nada e não sobrou ninguém com quem eu pudesse contar. Eu rezava para morrer logo. Em uma semana, em vez de morrer, eu fui estuprada. Descobri que fiquei grávida ao ser estuprada. Tendo sido vítima de estupro várias vezes em minha vida, eu conhecia o instinto de tentar tirar aquilo da cabeça: simplesmente não pensar sobre o que aconteceu. Ter uma barriga crescendo que me lembrava continuamente do estupro foi bastante doloroso no princípio, mas eu me forcei a lidar com a dor e tentar superá-la. Eu era muito emotiva, mas sabia que meu bebê precisava que eu enfrentasse a situação. Além disso, finalmente consegui uma vaga no abrigo.Tentei ligar para uma agência a fim de colocar o bebê para adoção, mas não conseguia completar nenhuma ligação. A cada vez que eu tentava, eu chorava sem parar. Foi então que finalmente decidi ficar com meu bebê.

O demônio que quer destruir as famílias

Há um demônio que é especializado em atacar a família, disse o exorcista César Truqui, um sacerdote que participou de um curso de exorcismo realizado em Roma no ano passado. Fr. Truqui avisou que tudo o que está a prejudicar a família, incluindo o divórcio, agrada o diabo. Falando ao semanário italiano Tempi, em 2015, o padre disse que há “um demônio que se especializa no ataque à família, também citado na história de Tobias, chamado de “Asmodeu”No livro do Antigo Testamento, o demônio é conhecido por ter matado sete dos maridos de Sarah e foi acorrentado no deserto por São Rafael. Esse demônio “está presente” em muitos exorcismos, disse Frei Truqui. O sacerdote recordou encontrar o demônio “em exorcismos pelo padre Gabriele Amorth e Pe. Francisco Bamonte, quando eu os ajudava”. Padre Amorth foi um exorcista de renome em Roma, realizou cerca de 70.000 exorcismos ao longo de 29 anos. A realização de um exorcismo pode exigir várias sessões e cada vez que o rito é administrado é contado como uma instância.

terça-feira, 31 de julho de 2018

Netflix lança seriado: Padre Gabriel Amorth contra o diabo: este é um verdadeiro exorcismo



EXPLICAÇÕES SOBRE A MORTE - ARTIGO ESCRITO PELO PADRE ELCIO MURUCCI





EXPLICAÇÕES SOBRE A MORTE
A morte é a separação da alma do corpo e o total abandono das coisas deste mundo. Todos sabem que um dia devem morrer, mas ninguém sabe onde e como morrerá. Você não sabe se a morte o surpreenderá na sua cama ou no seu trabalho, na estrada ou a ruptura de uma veia, um infarto, um tumor que talvez já esteja crescendo em seu organismo.

E isto pode acontecer daqui a um ano, a um mês, uma semana, a uma hora e, talvez, apenas terminada a leitura desta meditação. Quantos se deitaram à noite com boa saúde e de manhã foram encontrados mortos! Quantos ainda hoje morrem de improviso! E onde se encontram agora? Se estavam na graça de Deus, felizes deles! São para sempre bem-aventurados. Mas se estavam em pecado mortal, agora estão eternamente perdidos! Diga-me, meu caro jovem, se você devesse morrer neste instante, que seria de sua alma?

Embora o lugar e a hora de sua morte lhe sejam desconhecidos; você sabe com certeza que vai morrer. Esperemos que a sua última hora não venha de repente, mas aos poucos, por uma doença comum. De qualquer modo virá um dia em que, estendido em sua cama, você estará prestes a passar à eternidade assistido por um sacerdote e cercado por parentes que choram. Você terá a cabeça dolorida, os olhos embaçados, a língua ressequida, um suor gélido e o coração fraquíssimo. Assim que a alma expirar, seu corpo será vestido e colocado num caixão. Aí os vermes começarão a roer suas carnes, e bem depressa de você não restarão a não ser poucos ossos descarnados e um pouco de pó.

Experimente abrir um sepulcro e verá a que ficou reduzido aquele jovem antes cheio de saúde, aquele rico, aquele ambicioso, aquele orgulhoso! Meu caro filho, ao ler estas linhas, lembre-se de que elas falam de você, como de todos os outros homens!

COMO SERIA SE MORRÊSSEMOS AGORA?

Aprendi de um padre mexicano (não recordo o nome, mas posso investigar...), a catequese mais simples e profunda... Imagine-se que a cada um foi dado o direito de possuir duas casas. Numa delas, se poderia viver apenas um ano, um único ano, e, na outra, se passaria o resto da vida. Então, perguntou o padre, em qual das casas investiríamos nosso capital? A maioria, como é constatável, investe tudo naquela qual se viverá apenas um ano. Trocam-se os telhados, pintam-se as paredes, fazem-se jardins lindíssimos, há sauna, piscina, cozinhas moderníssimas, aparelhos ultra e mega incríveis, garagem para vários autos e assim por diante. A outra casa, coitadinha, fica abandonada. As telhas vão-se quebrando, a pintura descascando, a cerca apodrecendo, o mato, comendo solto e tudo nela lembra abandono, tristeza, miséria. O ano de gloriosa vida na casa em que tudo se investiu vai transcorrendo deliciosa e despreocupadamente até que, pela lei da vida, acaba abruptamente - e somos despejados. Damos, imediatamente, de cara com a casa abandonada. “Meu Deus, eu não quero viver aqui!”, dizemos. “Não aceito esta casa. Investi tudo na outra”, ou, então: “Como posso viver aqui sem os confortos que conquistei”.

Diáconos permanentes, sua missão


Lembrei na semana anterior que o diácono permanente tem seu lugar único na Igreja, por ser um sacramento de Cristo Servo e manifestação da Igreja servidora. Compreendemos, a partir disso, sua missão, como bem o expressou nosso Papa Francisco: “O diácono é o guarda do serviço na Igreja. […] Vós sois os guardas do serviço na Igreja: o serviço à Palavra, o serviço no Altar, o serviço aos Pobres. E a vossa missão, a missão do diácono, e o seu contributo consistem nisto: em recordar a todos nós que a fé, nas suas diversas expressões — a liturgia comunitária, a oração pessoal, as diversas formas de caridade — e nos seus vários estados de vida — laical, clerical, familiar — possui uma dimensão essencial de serviço. O serviço a Deus e aos irmãos” (Papa Francisco, 25 de março de 2017).
Historicamente, as funções dos diáconos variaram. Sempre, porém, elas são marcadas pelo “caráter de sacramento da caridade de Cristo preferencialmente aos pobres e excluídos” (Diretrizes para o diaconado permanente da Igreja no Brasil, n. 48). Não são os diáconos os únicos a exercerem sua missão marcada pelo serviço, pois todos os ministérios na Igreja devem trazer esta identidade. Assim motivados, serão apóstolos em suas famílias, em seus trabalhos, nas comunidades e na missão. Especificamente, “fortalecidos pela graça sacramental, os diáconos servem ao povo de Deus pela diaconia da liturgia, da Palavra e da caridade, em comunhão com o bispo e o seu presbitério” (LG 29). Sua primeira missão é a caridade: “Ele é apóstolo da caridade com os pobres, envolvido com a conquista de sua dignidade e de seus direitos econômicos, políticos e sociais. Está próximo da dor do mundo. Deixa-se tocar e sensibilizar pela miséria e pelas provações da vida” (Diretrizes,n. 58). Na diaconia da Palavra, antes de tudo é ser um humilde acolhedor, deixando-se continuamente guiar por ela. É ser anunciador na presidência da celebração da Palavra, na homilia da celebração eucarística, nos sacramentos do batismo e matrimônio, nas celebrações de exéquias, nos grupos de reflexão, nos cursos de formação, retiros, nas atividades missionárias…

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Tomai, isto é o meu corpo!

“Tomai, isto é o meu corpo”(Mc 14,22) são as palavras pronunciadas por Nosso Senhor Jesus Cristo que é bendito para sempre! Nossa Senhora sua santíssima mãe também é bendita por que carregou por nove meses o Salvador da humanidade, como afirmou o Anjo Gabriel: "Eis que conceberás e darás à luz um filho, e lhe porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-se-á Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi; e reinará eternamente" (Lc 1,31-32). E mais, ela foi o sacrário vivo de Deus, prova disso foi quando "Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança estremeceu no seu seio; e Isabel ficou cheia do Espírito Santo" (Lc 1, 41). Oh Pão Vivo descido do céu, Jesus Sacramentado, como diz São João Paulo II: “Alimentar-nos dele significa receber a própria vida de Deus, abrindo-nos à lógica do amor e da partilha”. Quão precioso é receber o Corpo e o Sangue de Jesus na Santa Missa, por isso São Francisco de Sales nos adverte acerca de duas espécies de pessoas que devem comungar com frequência: “Os perfeitos, para se conservarem na perfeição, e os imperfeitos, para chegarem à perfeição”. Oh quão santas são as palavras pronunciadas na Eucaristia, tamanha responsabilidade é a tua presbíteros, pois a cada sacrifício da Santa Missa é assistido pelo Espírito Santo e, no momento da Consagração, “miríades de anjos estão presentes para adorar a Deus! Ali estão eles, de todos os coros angélicos, desde os mais altos serafins até os anjos custódios. Onde está Deus, estão os santos anjos também”. Confirma São Cirilo: “Não ponhas em dúvida se é ou não verdade, mas aceita com fé as palavras do Salvador; sendo Ele a Verdade, não mente”. Também Santo Afonso afirma: “Depois de morrer consumido de dores sobre um madeiro destinado aos maiores criminosos, vos colocastes sob as aparências do pão, para vos fazerdes nosso alimento e assim, unir-vos todo a cada um de nós. Dizei-me: que mais podíeis inventar para vos fazer amar?”. Oh fieis leigos quão zelosos tens que ser ao receber o Nosso Senhor, pois, Ele é digno de toda honra e toda glória para sempre. Santo Agostinho já nos exortava nesse sentido: “A mesma carne, com que andou (o Senhor) na terra, essa mesma nos deu a comer para nossa salvação; ninguém come aquela Carne sem primeiro a adorar…; não só não pecamos adorando-a, mas pecaríamos se a não adorássemos”. Por fim irmãos, tende consciência que “Sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós” (1 Coríntios 3:16), por isso mantenha o limpo, puro e sem mácula, pois, se o fizermos afirma São Tomás de Aquino seremos: “Preservados dos pecados mortais, porque a comunhão confere o aumento da graça que nos preserva das culpas graves” e “introduz-nos antecipadamente na vida eterna” conclui o Papa emérito Bento XVI.

Wander Venerio Cardoso de Freitas

sábado, 28 de julho de 2018

SÃO LOURENÇO PATRONO DOS DIÁCONOS E A IMPORTÂNCIA DO DIACONATO PARA A IGREJA

A Igreja celebra no dia 10 de agosto a memória litúrgica de São Lourenço, patrono dos diáconos. Lourenço viveu seu diaconato junto ao Bispo de Roma, o então Papa São Sisto II, a quem serviu, como filho bom e obediente, e seguiu até a morte. Em 257, o imperador Valeriano publicou o decreto de perseguição contra os cristãos e, no ano seguinte, o Papa Sisto II foi detido e decapitado. Segundo as tradições enquanto o Pontífice se dirigia ao local da execução, São Lourenço ia junto com ele, chorando. “Onde vai sem seu diácono, meu pai?”, perguntava-lhe. O Papa respondeu: “Não pense que te abandono, meu filho, pois dentro de três dias me seguirás”. Lourenço foi morto na Cidade Eterna, com apenas 33 anos, idade bastante simbólica e expressiva para um espírito cheio de caridade como o dele, após ter sido obrigado a entregar às autoridades romanas as riquezas que a Igreja então possuía. Para espanto dos que lhe haviam de tirar a vida, apresentou os grandes e verdadeiros tesouros que um cristão deve estimar: os pobres e os doentes, os mendigos e os desabrigados, as viúvas e os órfãos, todos enfim por cuja eterna salvação o Senhor derramou o próprio sangue. Este santo foi, desde o século IV, um dos mártires mais venerados e seu nome aparece no cânon da Missa.

sábado, 19 de maio de 2018

O que é a Consagração a Nossa Senhora?

A consagração ou escravidão de amor a Jesus por Maria é uma devoção muito antiga, que remonta os primeiros séculos da Igreja. Com o passar do tempo, a consagração passou a ganhar novos elementos, como a criação de fórmulas e orações a Santíssima Virgem. Grandes santos, como Santo Agostinho, São Domingos, Santo Afonso Maria de Ligório, escreveram sobre Nossa Senhora e sua importância para a Igreja e para a vida dos cristãos. Esta evolução da devoção a Maria ganhou, com São Luís Maria Grignion de Montfort, um método de consagração. Este método de consagração é a escravidão total a Maria, que é a entrega de tudo o que temos e somos nas mãos da Santíssima Virgem, para que possamos pertencer de modo mais perfeito a Jesus. Esta consagração, ou escravidão de amor a Nossa Senhora, tem como finalidade a união com Cristo e o crescimento na graça de Deus. A maior intimidade com Jesus, por Maria, nos ajuda a compreender os desígnios de Deus e cumprir a Sua vontade em nossa vida.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Oração pelo bom humor

Durante seu discurso na Cúria Romana, o Papa Francisco afirmou: “Um pouco de bom humor é muito bom para nós! Vai nos fazer muito bem, rezar frequentemente a oração de São Tomás: eu rezo todos os dias e isso me ajuda”.
  


ORAÇÃO PELO BOM HUMOR DE SÃO THOMAS MORE

Conceda-me, ó Senhor, boa digestão e também algo para digerir.
Conceda-me um corpo saudável e o bom humor necessário para mantê-lo.
Conceda-me uma alma simples que sabe valorizar tudo o que é bom e isso não assusta facilmente a visão do mal, mas, ao contrário, encontra os meios para colocar as coisas de volta em seu lugar.
Dá-me uma alma que não conhece tédio, resmungos, suspiros e lamentos nem excesso de estresse, por causa daquela coisa obstrutiva chamada "eu".
Conceda-me, ó Senhor, um senso de bom humor.
Permita-me a graça de poder ter uma piada para descobrir na vida um pouco de alegria, e poder compartilhá-lo com os outros.

JESUS: CORDEIRO DE DEUS E MEDIADOR DOS HOMENS

São João Evangelista revela através da Sagrada Escritura que Jesus foi descoberto pelas palavras de São João Batista: “Eis o Cordeiro de Deus” (Jo 1,36). Esse mesmo Cordeiro de Deus é nos revelado diariamente na Santa Missa, corpo, alma e divindade através das espécies do Pão e do Vinho transubstanciado pelo sacerdote (padre). Tamanha autoridade tinha João Batista que após ter mostrado o Cordeiro para seus discípulos, eles o deixou e passaram a seguir Nosso Senhor, um deles era André irmão de Simão Pedro. Nesse episódio percebe-se também a atitude humilde do Batista que não impediu que seus discípulos fossem com Jesus, pelo contrário, revelou a eles a verdade das Escrituras: “Eu vos batizo com água, mas Ele vos batizará com Espírito Santo” (Jo 1, 26; 32).
Por outro lado, o messianismo de Jesus também foi questionado: “podes sair alguma coisa boa de Nazaré?” (Jo 1, 46). Porém, quando Deus é colocado a prova, ele revela alguns mistérios que envolvem as nossas vidas para quebrar toda arrogância e incredulidade: “Antes que Felipe te chamasse, eu te vi debaixo da figueira” (Jo 1, 48). Só assim, o cristão sem fé dará credibilidade na palavra de Jesus: “Mestre tu és o Filho de Deus” (Jo 1, 49). Por fim, o bondoso Jesus quer que todo Homem faça um dialogo vertical (de baixo pra cima) com Deus usando a sua intercessão, ou seja, através da oração sincera façamos as nossas súplicas a ele: “vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo por este Homem” (Jo 1, 51). Portanto, não percamos a oportunidade de levar tudo o que temos e somos para Jesus de Nazaré, o Cordeiro de Deus, pois só ele é a única escada que pode levar as nossas intenções a Deus (1 Tim 2,5).

*  Wander Venerio Cardoso de Freitas – Teólogo.

domingo, 13 de maio de 2018

Confira as postagens mais visitadas do nosso Blog!


Confira as postagens mais visitadas do nosso Blog! Obrigado por sua visita!

Consagração a Jesus, meu Senhor e meu Deus!

Nem sei o que te falar meu Bom Deus! Quanto tempo fiquei longe de ti Senhor e vós jamais afastastes da minha presença, muito obrigado! Renovo mais uma vez depois de tantas quedas, tropeços e tombos a minha fiel Consagração Total a vós Jesus. Perdão por ter afastado de vós, descobrir na prática que sem ti nada posso fazer, que sou um nada! Senhor, não voltei por mim mesmo, tenho consciência plena que jamais poderia voltar para os seus braços amorosos por conta própria, tudo é graça exclusiva sua! Obrigado por ter me trazido de volta para tua Igreja Santa Católica Apostólica Romana. Obrigado por não me ter deixado cair na revolta, nos erros de doutrina, na apostasia, na blasfêmia, obrigado Jesus por ter me privado de todos esses males reais que com certeza acabaria com a milha fé e me levaria para o inferno! Obrigado Jesus por ter colocado a vossa generosa e Santíssima Mãe Maria para cuidar de mim no tempo do deserto, assim como ela cuidou de São João seu amado Apóstolo aos pés da sua Santa Cruz. Senhor, não quero apressar nada, apenas fazer a tua vontade aqui na terra como no céu, por isso, estou a disposição para que me use como instrumento teu. Estou generosamente a tua disposição meu Senhor e meu Deus, afasta do meu coração todo tipo de vaidade, falta de humildade, medos, quero te servir verdadeiramente pela intercessão poderosa de Maria Santíssima, amém!

* De seu inútil servo!

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Veni Creator Spiritus! Vem, Espírito Criador!


Vinde Espírito Criador, a nossa alma visitai e enchei os corações com vossos dons celestiais.
Vós sois chamado o Intercessor de Deus excelso dom sem par, a fonte viva, o fogo, o amor, a unção divina e salutar.
Sois o doador dos sete dons e sois poder na mão do Pai, por Ele prometido a nós, por nós seus feitos proclamai.
A nossa mente iluminai, os corações enchei de amor, nossa fraqueza encorajai, qual força eterna e protetor.
Nosso inimigo repeli, e concedei-nos a vossa paz, se pela graça nos guiais, o mal deixamos para trás.
Ao Pai e ao Filho Salvador, por vós possamos conhecer que procedeis do Seu amor, fazei-nos sempre firmes crer.  Amém!

quarta-feira, 9 de maio de 2018

PRAYER OF THANKS TO GOOD GOD

Good morning, my Lord and my God! I give this prayer and my whole life to your care. Without your help I can do nothing, so do not leave me alone. I ask your forgiveness Lord for all the times that I did not want to be in your presence, prefer other realities and in the end I got frustrated, thank you for not having forsaken me. The sun is already born and you Lord has already illuminated all things. And the first of them was our life, for it gave us the ability to see its path of eternal love and happiness. How sad and miserable it is to stay away from you lord, it will be hard and tiring if we do it. He never abandoned us, Lord God, he always had a merciful plan to free us from the shackles of the evil one. Thank you Father loved for not giving up on us, repeatedly kicked us out of the hole, rescued us from oppression and diabolical slavery.

O que é o diaconato? Sua origem, significado e sua missão.


O diaconato foi estabelecido no tempo dos apóstolos. Na Igreja primitiva, alguns homens foram chamados para se tornarem diáconos, ministros ordenados que serviam ao povo de Deus sob a direção do Bispo. O título de “diácono” vem da palavra grega “diakonos”, que significa “servo”. Embora todos os cristãos pelo batismo são chamados para “diakonia”, serviço, os diáconos servem como um sinal sacramental público de Cristo a serviço do mundo. Como um padre, um diácono é um membro do clero que participa do ministério do bispo. Ao contrário de um padre, ele pode ter uma esposa, uma família e um emprego secular (mundo). O diaconato é uma vocação distinta, chamado, para imitar a Cristo em Seu serviço a toda a humanidade, para levar o mundo a Cristo e Cristo ao mundo.

Fonte: http://rcav.org

terça-feira, 8 de maio de 2018

ORAÇÃO MATINAL DE AGRADECIMENTO AO BOM DEUS

Bom dia meu Senhor e meu Deus! Entrego desde já essa oração e toda a minha vida aos vossos cuidados. Sem o vosso auxilio nada posso fazer, por isso, não me deixes só. Peço perdão Senhor por todas as vezes que não quis está em vossa presença, preferir outras realidades e no final me frustrei, obrigado por não ter me desamparado. O sol já nasceu e vós Senhor já iluminou todas as coisas. E a primeira delas foi a nossa vida, pois nos deu a capacidade de enxergar o seu caminho de amor e felicidade eterna. Quão triste e miserável é ficar longe de ti Senhor, dura e cansativa será se o fizermos. Jamais nos abandonou Senhor Deus, sempre teve um plano misericordioso para nos libertar dos grilhões do maligno. Obrigado Pai amado por não desistir de nós, reiteradas vezes nos arrancou do buraco, nos socorreu da opressão e da escravidão diabólica. Obrigado meu Deus e meu tudo por cada dia que nos dá gratuitamente o dom da saúde, de nos favorecer com trabalho, por ter onde repousar as nossas cabeças da chuva e do sol. Obrigado pelo pão nosso de cada dia que nunca deixou